Home / Destaque home / Missão CAF reconhece vocação para uso de bicicletas em Taubaté

Missão CAF reconhece vocação para uso de bicicletas em Taubaté

Representantes do Observatório de Mobilidade Urbana (OMU) do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) reconheceram a vocação de Taubaté para valorizar e fomentar o uso da bicicleta como modal de transporte.
As impressões dos técnicos foram transmitidas a servidores da prefeitura, professores e estudantes da Universidade de Taubaté (Unitau) durante um encontro realizado na última quarta-feira, dia 31 de outubro, no Departamento de Gestão e Negócios da universidade.
 No final de setembro, os técnicos da missão fizeram deslocamentos pela região central de Taubaté, conheceram o sistema cicloviário já implantado e visitaram as instalações do Centro de Operações Integradas (COI). Entre os pontos destacados está o perfil diversificado de ciclistas do município, o uso cotidiano das bicicletas como modal e a presença de mulheres, boa parte delas mães transportando seus filhos.
 O Programa de Mobilidade Ativa para Cidades da América Latina é desenvolvido pelo OMU/CAF em cinco cidades: Buenos Aires, Panamá, Montevidéu, Santa Cruz de La Sierra e agora Taubaté. Entre os objetivos do programa está valorizar e fomentar o uso de bicicletas, mudar os paradigmas dos deslocamentos pela cidade e estimular ações em prol da segurança viária e mobilidade urbana.
 Após este encontro, prefeitura e Unitau devem formalizar um protocolo de intenções para o desenvolvimento de pesquisas e projetos em cooperação com o CAF dentro deste segmento.
Além disto, a prefeitura já tem em andamento um processo licitatório para a contratação de uma empresa que será responsável pela revisão do plano de Mobilidade Urbana de Taubaté.
Taubaté conta hoje com 22km de ciclovias/ciclofaixas. A estimativa é de que sejam realizadas cerca de 30 mil viagens de bicicletas por dia no município. A expansão da malha vai ocorrer em paralelo à construção/ampliação de vias com as obras do programa Acelera Taubaté, o que deve resultar em mais 51,6 km de ciclovias/ciclofaixas. O plano cicloviário de Taubaté prevê uma malha com cerca de 90 km de extensão.

Veja também

TAUBATÉ DISCUTE ATUALIZAÇÃO DA PLANTA GENÉRICA

A Prefeitura de Taubaté, em cumprimento ao Código Tributário Nacional e mediante apontamentos do Tribunal …