Home / Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social

Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social


Secretária: Marcia Ulliani
Endereço: Praça Felix Guisard, 11 – Centro (Prédio da CTI)
Telefone: (12) 3621-6048
Atendimento: segunda a sexta-feira das 8h às 12h das 14h às 17h
E-mail: sedis@taubate.sp.gov.br

E-mail: sedis@taubate.sp.gov.br

  • A Secretaria
  • Organograma
À Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social compete implantar, coordenar e executar a política de assistência social no município, como direito do cidadão e dever do Estado para garantir o atendimento às necessidades básicas da população que vive em situação de vulnerabilidade e risco social, em consonância com a Lei Complementar de Assistência Social, Política Nacional de Assistência Social e Sistema Único de Assistência Social.

Ao Departamento Técnico de Administração do Sistema Único de Assistência Social compete planejar, coordenar e supervisionar a implementação e execução da política de assistência social do município, a gestão financeira e orçamentária do órgão gestor, a gestão dos programas e benefícios socioassistenciais de âmbito municipal, estadual e federal, e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área Técnica do Sistema Único de Assistência Social compete planejar, coordenar e supervisionar a implementação e a gestão do Sistema Único de Assistência Social – SUAS do município, com competência de gestão do trabalho, regulação do SUAS, vigilância socioassistencial, articulação e monitoramento das parcerias com organizações da sociedade civil e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área Técnica de Benefícios Assistenciais e Transferência de Renda compete planejar, coordenar e supervisionar a implementação e gestão dos benefícios e programas sociais de âmbito municipal, estadual e federal, e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área Técnica de Orçamento compete planejar, coordenar, avaliar e executar o fluxo dos procedimentos financeiros e orçamentários do órgão gestor e dos fundos a ele vinculados de acordo com as normas de atuação, e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área Técnica Administrativa compete elaborar estudos, análises e pareceres técnicos que sirvam de embasamento para as decisões, determinações e despachos da secretaria, desenvolver estudos e atividades relacionados à área de atuação da secretaria e exercer outras atribuições que lhe forem cometidas no âmbito de sua área de atuação.

Ao Departamento de Proteção Social Básica compete planejar, coordenar, supervisionar a implementação e execução de serviços, programas e projetos de proteção social básica da política de assistência social do município que visem prevenir situações de vulnerabilidade, risco social ou vivência de fragilidades ocasionais nos territórios do município e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área de Proteção Social Básica compete planejar, coordenar e monitorar a implementação e execução de serviços, programas e projetos de Proteção Social Básica da política de assistência social do município e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.

Ao Departamento de Proteção Social Especial compete planejar, coordenar e supervisionar a implementação e execução de serviços, programas e projetos de proteção social especial de média e alta complexidade da política de assistência social do município para atendimentos às famílias e indivíduos que se encontrem em situação de risco pessoal e social ou direitos violados, e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área de Proteção Social Especial de Média Complexidade compete planejar, coordenar e monitorar a implementação e execução de serviços, programas e projetos relativos à população demandatária de proteção social especial de média complexidade e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.
À Área de Proteção Social Especial de Alta Complexidade compete planejar, coordenar e monitorar a implementação e execução de serviços de acolhimento institucional no âmbito da Proteção Social Especial de Alta Complexidade e executar outras atividades correlatas na sua área de atuação.